Verificações

Amanda Matos, Advogado
Amanda Matos
OAB 8.072/RO VERIFICADO
O Jusbrasil confirmou que esta OAB é autêntica
PRO
Desde Julho de 2019

Principais áreas de atuação

Direito do Consumidor, 14%
Direito do Trabalho, 14%
Trânsito, 14%
Direito de Família, 14%
Outras, 44%

Recomendações

(2)
Christina Morais, Advogado
Christina Morais
Comentário · há 11 dias
Vale lembrar que um escritório de advocacia, é como qq outro negócio: demanda um investimento inicial. Como filha de contador eu sei mto bem que não se paga a despesa de hoje com o recurso auferido hoje. Recursos precisam ser provisionados. Se vc abrir um escritório sem um tostão furado, ao final do mês, provavelmente, o pouco auferido mal dará para pagar todas as contas, que dirá realizar uma retirada para seu sustento e de sua família. Considerando o tempo médio de duração dos processos menos complexos, até que vc comece a retirar sua sonhada porcentagem em honorários finais e sucumbenciais, e considerando que nem todas as causas serão ganhas, e considerando que os honorários iniciais em geral só dão para o gasto (literalmente), o ideal é abrir o escritório sabendo qto ele te custará por mês (faça essa pesquisa de mercado) e qto vc pretende retirar. Multiplique essa soma (custo + retirada) por 24 meses e esse é o investimento mínimo para iniciar. Vc deve sim ter dois anos provisionados. Ah, mas não tenho onde cair morto. Bem, aí é que está: nossa cultura não nos prepara bem para os negócios. O correto seria que ainda estudante se trabalhasse e economizasse para ter os recursos necessários para investir no início de carreira. Não fez isso? Bem, reinvente-se. Comece atuando no escritório dos outros e faça isso: guarde cada centavo auferido para o seu. Na jornada, construa sua rede de contatos e ao final de dois anos tenha já dois ou três associados que irão junto com vc no propósito de abrir um escritório. Depois de dois anos, vc descobrirá que pagou por tudo e viveu do provisionamento e o que entrou no período já provisionou mais um ano e assim sucessivamente. Ao final de quatro ou cinco anos vc descobrirá que os valores do seu IR coincidem com os valores que vc já tem disponíveis para mais um ano ou mais. Ou seja: vc está trabalhando com recursos provisionados. Vc sabe que o que vc tem te permite pagar as contas mensais e retirar x todo mês até o final do ano. O que entrar vai para o fundo de provisionamento do ano seguinte. Não se esqueça de pagar o seu INSS, sua anuidade OAB, fazer um plano de saúde e se possível, pagar por uma previdência complementar. Inclua isso nas despesas mensais DESDE O INÍCIO. Não deixe pra "qdo as coisas melhorarem". Considere tais despesas como tão essenciais qto pagar o aluguel do ponto comercial e a feira mensal de sustento seu e de sua família. É difícil (mas na vida não existe caminho fácil para o sucesso). Mas não é impossível. Como o colega @andradecarvalho sugere no texto, é questão de planejamento. Eu dei uma dica de planejamento contábil bem segura. E não se preocupe em "não sair do lugar". Com o tempo, seu sucesso lhe permitirá aumentar suas metas. De novo, o articulista mandou bem ao lembrar que não existe teto. Só existe o piso e o piso é o mínimo necessário para começar. Espero que essas dicas ajudem alguns colegas. E sucesso a todos nós!

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

Carregando

Tópicos de interesse

(2)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Amanda
(69) 99930-09...Ver telefone

Amanda Matos

(69) 99930-09...Ver telefone

Entrar em contato